quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Tristeza, felicidade e seu cultivo.

sadness is a blessing

Foi convivendo com a tristeza que eu notei como é fácil cultiva-la e foi criando um jardim dela que notei que deveria ser feliz. Foi tendo momentos felizes que eu percebi a dificuldade que eu tinha em manter aquilo, não o momento mas sim o sentimento que aquilo plantava em mim. Ter pensamentos negativos acaba sendo mais cômodo do que traçar um plano que possa solucionar aquilo que nos atormenta e é assim que a tristeza fica cada vez mais próxima e era como eu estava acostumada a viver. A falta de fé, perda de esperança e de confiança são sentimentos tipicos de quem está acomodado com a tristeza. 

Ninguém em sã consciência é feliz 24 horas por dia, em todos dias do ano. Mas creio que cada um tem pelo menos um motivo, mesmo que pequeno, pra sorrir durante cada dia. Eles acontecem, o que muda é como estamos ali para recebe-los. E não é fácil, ter disposição pra correr atrás daquilo que nos trás felicidade não é nada fácil, mas com o tempo vira rotina. Cultivar a felicidade também é se livrar de tudo que te trás sentimentos contrários a ela. Manter distância de quem te trás apenas peso, e de situações que te deixam desconfortável. Depois que você se livra pelo menos um pouco daquilo que te aproxima de cultivar a tristeza acaba que você tem mais motivos pra ser feliz, porque é o que resta, e que bom que resta!

No raso do cotidiano nós acabamos cultivando coisas como o cabelo sagrado que não pode ser cortado, as unhas, bens materiais mesmo que pequenos. E tem também quem adore cultivar a sua reputação e imagem perante a sociedade. Não que essas coisas que citei sejam ruins e façam mal, mas será que elas devem ser o foco principal?
Talvez em algum momento você já se deparou com a metáfora que diz que nossas relações devem ser regadas assim como flores, para que elas possam se desenvolver e crescer. Isto se aplica em muitas outras áreas e pode nos ajudar a resolver aquilo que nos intriga. As vezes você quer receber algo, uma promoção no trabalho, uma nota melhor na escola, quer se aproximar mais daquela amiga, quer estreitar os laços com algum familiar... mas acaba esquecendo da sua parte. Os sonhos hoje acontecem rápidos, nossa geração quer tudo de imediato, porque amanhã algo mais interessante pode aparecer. E é ai que a gente se perde no meio dos nossos planos e acaba tomando rotas contrárias ao o que realmente queremos. Cultivar é fazer a sua parte para que aquilo que você quer possa se realizar, e são as pequenas realizações que cultivam a felicidade!

0 It Girl Comentaram !: