domingo, 2 de agosto de 2015

A beleza do caminho.

4 - Summer in the city
Dizem que depois da guerra vem a calmaria. Existem alguns momentos na vida que por mais que a gente insista no pessimismo e acredite que nada mais vai dar certo, a vida mostra que nem tudo está perdido assim.  E sim, é difícil apostar no que está tanto certo enquanto tudo em volta desmorona. A gente custa a aceitar que  esse é o modo mais fácil de viver quando tudo vai indo de mal a pior. E no final a gente entende que todo esse conflito interno e os problemas são necessários pra que a gente possa aproveitar e valorizar os momentos bons e tudo que nos faz sorrir.

Qual foi a última vez que você viu seu olho brilhar? As vezes sem querer a gente ignora e passa despercebido pelas coisas boas. Os pensamentos ruins tomam conta da nossa rotina, tudo que nos leva pra baixo acaba sendo mais forte mesmo que contra a nossa vontade. A positividade vira um exercício diário, ver a parte boa nas coisas não é uma tarefa tão fácil, mas passar por todos os problemas só focado neles é ainda pior. Um dia a gente vai solucionar tudo aquilo que nos atormenta mas é mais que necessário que a gente aproveite esse trajeto. Nada na vida é fácil, nossos desejos levam tempo até se tornarem parte da nossa realidade.

Já ouviu dizer que a beleza está no caminho? Pois é. Eu abri o olho e tirei os meus problemas do centro, fiz com que eles já não dominassem mais todo o meu pensamento. Eu dei espaço pra que as coisas boas acontecessem, e não foi necessário muito esforço da minha parte nisto. Eu tenho sorte de ter hoje, pessoas maravilhosas na minha vida. Que eu posso contar e me sentir amparada por elas e eu sou extremamente grata por isso e tento não me sentir culpada por muitas vezes não ser o mesmo pra eles. Ninguém é totalmente forte estando sozinho e as vezes a gente tem que se render a isso. Os problemas não sumiram, mas aquele mal já não faz mais parte integralmente da minha vida. A gente nunca está no controle de tudo, sempre digo, mas fazendo a nossa parte a gente passa a perceber que somos privilegiados. Olhe em volta, para as pessoas, para as lembranças boas, para a família e amigos. Abra espaço para que as boas aconteçam, assim como tenho feito. 

                                           

0 It Girl Comentaram !: