terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Muita luz.

Tumblr

Já faz um tempo que o dia não clareia, já faz tempo que não há luz. Fazia tempo que já não havia nada, já faz tempo que andávamos na escuridão. Demorou tempos pra se encontrar um pouco de luz, e na velocidade contrária ela se apagou. Já não se podia levar às cegas, ninguém mais aguentava a falta de cor. O coração permanecia nublado e o brilho dos olhos já havia à tempos se apagado. Foi você que trouxe esperança pra minha vida, e foi você que levou embora a minha esperança no amor. Ela foi junto com você quando bateu a porta e quebrou cada parte da pequena parcela de amor na qual eu me contentava à bastante tempo.

O clima estava nublado, o coração desapontado, o amor já estava em tom cinza. As coisas não iam muito bem e eu ia pior ainda. Todo mundo tem direito de querer mudar as coisas, de mover algumas nuvens, mas eu nunca encontrei explicação em meio ao abandono. Me senti abaixo de uma criança indefesa digna de piedade sendo abandonada pelos pais, ainda tão nova a ingênua. Aqui estou eu de frente pra janela, mais um dia, acordada vendo o sol nascer. Talvez esteja buscando alguma luz ou algo me faça acreditar no destino, em que cada ato tem seu propósito, e se há um motivo maior para minha existência ou alguém que controle todo esse tipo de coisa, queria te avisar que ao meu ver, você não tem feito as escolhas mais certas.

Talvez você esteja lendo isto em algum lugar bem distante do meu sofá azul no qual me encontro agora, que há alguns dias me encontrava em sua companhia, falando sobre todas as coisas clichês que gostávamos e fazendo alguns planos bobos. Que você ainda deixe suas trevas em algum lugar que mereça, e bata a porta pra ela, que você se livre desta angústia e do medo que ser quem você é, redescubra a luz que você mostrou poder trazer para a vida das pessoas, aquela que você me apresentou quando conhecemos. Pra você, muita luz.

"Não fiz o melhor, mas fiz tudo para que o melhor fosse feito. Não sou o que deveria ser, mas não sou o que era antes"

0 It Girl Comentaram !: