quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Sobre andar na linha

  LOOK | via Tumblr
Ninguém nasceu pra agradar, e isso nunca fez tanto sentido. Todo mundo chega em um momento que diz "chega!", ser marionete pro resto da vida cansa. A mídia impõe tão padrão, dentro de casa há outro, nas ruas é um diferente, te encorajam para ser uma pessoa forte e determinada e no primeiro erro você é a mais criticada. A liberdade é algo pra ser livremente usado, ninguém nasce pronto. Talvez você tenha que ficar de recuperação pra aprender que na próxima prova você tem que estudar e se esforçar mais, talvez você tenha que seguir uma opinião alheia e depois se decepcionar pra aprender que não há pessoa melhor no mundo pra saber o que é melhor pra você, além de si mesmo. 

Por mais que tentamos passar a vida tentando ser forte, e feliz, e principalmente andar no caminho certo, só vai funcionar se estiver sendo verdadeiro com si mesmo. Não faça medicina se o que você gosta é artes, não queira colocar o dinheiro na frente da felicidade e mais que tudo, saiba que andar na linha é relativo. Assim como a felicidade é. Se andar na linha pra você é ser livre e se respeitar, vai nessa! Vão falar, criticar e dizer tudo pra te ofender e é nesse momento que você deve exercer sua coragem de se manter bem, pois enquanto a sua verdade for seu ponto forte, nada irá te abalar.

Me desculpem por as vezes falar alto demais, ou por ser tão tímida. Me desculpem por ter feito algo errado, mais saibam que se essas coisas não tivessem acontecido eu não seria quem sou hoje. Minhas escolhas certas não aconteceriam se não fossem pelos tropeços passados. Obrigada erros, por me ensinarem ainda mais que os meus acertos. Ninguém é de ferro e nem mesmo de açúcar, e leva tempo pra acharmos o equilibrio entre a tal emoção e a razão. Você ainda vai cair diversas vezes, e ter as boas chances em dobro. Vai chorar assim como vai rir. Vai aprender e continuar errando,e imagina que chato deve ser fazer tudo certo, né?
                                        

0 It Girl Comentaram !: