segunda-feira, 6 de abril de 2015

Virando um unicórnio - Meu cabelo azul. ♥

Olá pessoas, aqui está a mais nova blogayra unicórnio. Que eu gosto não é novidade, mas que agora eu tenho uma parte do meu cabelo que honra minhas origens unicorniais (que? hahaha) é novidade sim! E estou aqui hoje pra contar um pouquinho da saga pra vocês e compartilhar um pouco do que foi e está sendo esta experiência, já adianto, maravilhouuusa.

Espero não me prolongar tanto, mas quero ir desde o começo.
Sempre tive duas maiores vontades capilares: cortar o meu cabelo curto, fazer alguma coisa com tinta fantasia. Acho que deu pra perceber que realizei os dois, e juntos hehehe.
Alguns anos atrás (uns 3) eu me aventurei com crepom. Vi amigas fazendo e decidi fazer junto, fui informada de que duraria 3/4 dias, e adivinhem.. demorou uns meses pra eu me livrar totalmente da cor rosa que desbotou para um laranja (horrível), tinha californianas bem loiras e tinha o cabelo longo, então toda a parte loira ficou rosa e assim foi. Tempos depois eu cortei porque a ponta ficou bem acabada e num tom alaranjado. Essa foi minha primeira história com o colorido.

Há uns meses atrás eu comecei a alimentar a ideia de usar a tinta azul, eu tinha alguma noção de como eu queria e comecei a pensar. Minha mãe não curtiu muito a ideias mas ela conhece como teimosa sou e sabia que no final eu ia fazer hahah.. Comecei buscando como eu queria e no final decidi por californianas azuis. Fui atrás de algumas cabelereiras da minha cidade e no final percebi que nenhum faria o que eu queria. Até que eu dia fui decidida a comprar minha tinta, já com o apoio da minha mãe que a achava a ideia muito louca mas aceitava já hahah. Comprei a tinta Keraton Hard Colors da Kert, e aqui faço uma breve resenha.

                      1° TENTATIVA


descolorindo/com a tinta/resultado
Depois de bastante pesquisar vi que a melhor opção era fazer uma mecha da parte de baixo do cabelo, o azul já era o idealizado desde o começo. No último post de inspiração eu falei mais sobre a cor e o que ela representa no momento pra mim então tem tudo haver. O escolhido foi um lugar onde ia ficar bonito porém não tão aparente, o que não exige tanta dedicação no retoque.. Comecei descolorindo a parte que eu queria. Foi necessária 2 descolorações e mesmo assim não chegou num tom que eu queria, mas estava claro e era bem provável que a tinta pegaria. Fiz todo o procedimento e apliquei a tinta. Começando por: a consistência da tinta não é das melhores, conforme você espalha ela na pele por exemplo ela some. E já senti que não fixaria muito no cabelo mas ok, continuei. E quando tirei a tinta depois do tempo que é sugerido e o resultado é o da terceira foto, ou seja, NADA! Quem for observador vai notar algumas pequenas mexas esverdeadas. Fiquei bem chateada e refiz o processo da aplicação do tinta, e o resultado foi melhor, 1% melhor. Devo dizer que passei a tinta mais umas 2 vezes em outros dias, afinal eu queria que aquela tinta pegasse de qualquer jeito. Ou seja, minha opinião sobre essa tinta: péssima, e conheço outras pessoas que constatam o mesmo. Não sei de outras cores, mas o azul é uma cor meio complicada de pegar, e tem grande variação no verde, mas olha, a tinta não cumpre nada que promete e é muuuuito fraca!

2° TENTATIVA

Algumas semanas se passaram e eu decidi investir em outra tinta. Pesquisei e uma das minhas opções era um outro tom de azul da mesma marca da Indie Blue, a Kert. E a outra era a da Alta Moda que é a Creative Crazy Colors. Na minha cidade tem poucas opções então eram essas duas. Fui pra loja e fiquei entre a duas, repensei sobre dar uma segunda chance para a marca que tinha testado e me decepcionado e no final eu decidi por esta da foto a seguir. E agora contarei um pouco mais sobre ela e o processo:
Começo ressaltando o preço dela, paguei em média 17 reais, enquanto a outra foi em torno de 21, já li sobre variar até 30 reais. Ou seja, em custo benefício ela está desparada. Cheguei em casa e decidi testar apenas em uma mecha, pra saber se precisaria descolorir mais uma vez ou não. Apliquei em uma pequena mecha da parte onde desejada o azul. Lembrando que eu comprei no tom Ice Blue. Sobre a aplicação eu comecei colocando na palma da mão pra saber como era, ela é super consistente, chega a ser bem grossa e pega em tudo! Fazem alguns dias que eu pintei e por falta de cuidado minha mão e pescoço ainda estão azulados hahaha. O resultado da mexa foi ótimo, a absorção da tinta é imediata e fica bem seca após ser aplicada, diferente da tinta Hard Colors. Então depois de aplicar na mecha já fui aplicar em toda a área do cabelo que desejada, deixei por 30/40 minutos e o resultado ÓTIMO. Meu cabelo tinha algumas partes mais loiras e elas ficaram muuuito azuis. Algumas outras mechas ficaram mais esverdeadas mas eu adorei o resultado. Quer que eu conte mais? Quero fazer uma resenha completa com fotos e dicas, aproveitando a próximo retoque e contando mais sobre minha experiência!


Aqui estão fotos usando o segundo efeito do snapchat, que deixam mais vivas as cores. Quando usei a primeira tinta, ficou esse verde, no tom da primeira foto, exatamente assim. Um verde amarelado, como se estivesse desbotado. E agora na segunda tentativa com sucesso, meu azul com toque turquesa e feliz e lindo. E pra quem não entendeu onde era, ai está uma foto minha de lado e com coque. Tirarei mais fotos pra vocês verem em breve!


Aqui está mais algumas fotos, com o flash bem estourado fica esse verde turquesa e escuro. Outra foto minha bem rara sorrindo, e pra quem não percebeu ou não sabia que antes eu usava aparelho, agora estou sem, provisoriamente mas tem sido bom curtir essa liberdade hahahah. 

É isso, espero que tenham gostado e será um prazer falar mais sobre o assunto, talvez responder perguntas e fazer resenhas, só pedirem! Beijos azuis e até mais! 

                                                   

0 It Girl Comentaram !: