segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Diário daquela menina: Meu velho e querido

  
                       (Segundo texto do diário daquela menina escrito por mim!)


Eu mal sabia amarrar o cadarço do meu tênis eu já era obrigada a saber como organizar minha agenda e acordar na hora certa. Antes mesmo de aprender ao certo como fazer aquele laço eu já era pressionada pra aprender como tratar o coração que você deixou nesse estado. Eu deveria aprender a perdoar mais rápido do que demorava pra colocar meu velho e querido tênis.
Ando pela cidade como uma simples aspirante a viajante aventureira na mesma emoção que arrumo meu quarto antes de sair de casa as 7 da manhã . 

Eu deveria ser fria, mesmo não querendo. Deveria aceitar a opinião dos outros mesmo se não me agradasse . Eu era/sou obrigada a dar conselhos que não falhem pra que me olhem como uma sábia menina de pouco idade ! Eu tenho que ter boas histórias pra contar pra meus tios e tias que vão me esperar no sofá estampado da sala deles querendo ouvir contos mágicos de uma vida perfeita que levei em uma temporada sem ouvir o quanto deveria ser responsável quando mais velha. Eu sai de casa levando apenas oque eu achei que deveria e hoje eu afirmo , sorte a minha ! Eu deveria fazer tantas coisas, deveria agradar mais pra que gostem mais de mim , mas não vejo sentido nisso por mais que tente ! 

Eu aprendi um docinho ali uma comidinha aqui e alguns lanchinhos pra fugir dos congelados , enlatados e coisas do tipo quando eu achava que viraria uma chefe de cozinha.. Talvez eu imaginei que poderia escrever um livro de centenas de páginas sobre como foi estar sozinha nos pensamentos com tanta coisa pra fazer num lugar com tanta gente mas na verdade hoje eu escrevo algumas crônicas confusas de algumas bobeiras que não saem do meu diário. Me daria melhor escrevendo sobre como foi ter fugido do meu quarto que parecia meu maior refúgio no mundo..

Ainda estou bem aqui, não vejo necessidade de voltar  ! Quem sabe daqui uns anos longe de lá eu possa contar uma ou duas histórias legais pra titia coruja !? Vou apenas esperar. Eu não tenho pretensões, mas como já ouvi poeticamente dizem por ai que "Devemos fazer mais que existir".Hoje eu faço mais do existir eu aprendo todos os dias com minhas próprias necessidades,  eu devo muito do que eu sei a minha coragem de sair pra viver oque eu achava que  seria certo, longe de casa, mesmo achando que não daria .Não vivo em um castelo nem moro com princesas e vivo num quarto cor de rosa. Eu tenho minhas vontades, acredito em algumas coisas e tenho mais coragem do que antes. Hoje posso dizer que sou uma menina feliz, acredito mais em mim e isso é tudo que preciso.

Um super beijo e até o próximo diário <3
                                                   

0 It Girl Comentaram !: